quarta-feira, 27 de abril de 2011

Adoção de crianças com deficiência

Vejam a matéria que vem sendo veiculada nesta semana nos jornais da TV Brasil sobre adoção de crianças com deficiência. Nossa coordenadora, Valéria de Oliveira, deu uma entrevista ao canal.

Vamos divulgar essa matéria!

video

terça-feira, 26 de abril de 2011

Salto para o Futuro/TV Escola (MEC) exibirá a série inédita “Cibercultura: o que muda na educação”

Caríssimos(as),

Na semana de 25 a 29 de abril, o programa Salto para o Futuro/TV Escola (MEC) exibirá a série inédita “Cibercultura: o que muda na educação”, sob a consultoria de Edméa Santos (PROPED-UERJ).

A série visa analisar as mudanças que ocorrem e/ou poderão ocorrer nas práticas curriculares em conexão com a cibercultura. Ao longo dos programas, serão discutidas as práticas de Educação a Distância mediadas por tecnologias digitais em rede e pela produção cultural gerada por estas interfaces no ciberespaço e nas cidades. Estes são os três eixos temáticos propostos para a série: EAD - antes e depois da cibercultura; A pesquisa e a cibercultura como fundamentos para a docência online; O currículo multirreferencial: outros espaços-tempos para a educação online. PGM 1: EAD: antes e depois da cibercultura; PGM 2: A docência online; PGM 3: Currículo multirreferencial; PGM 4: Outros olhares sobre cibercultura e educação; PGM 5: Cibercultura e educação em debate.

Confira no programa, um pouco da História da Educação a Distância no Brasil, as primeiras experiências, o ensino por correspondência e como as tecnologias continuam presentes na educação. Em entrevista, João Vianey nos fala sobre o conceito atual de Educação a distância, quais os desafios dessa modalidade e o que determina a legislação. Ivana Bentes (ECO/UFRJ) e André Lemos abordam a relação entre Educação a distância e Cibercultura. E na Escola Municipal José Francisco Nunes, em Itapicuru–Irecê/BA, uma experiência da Rede de Intercâmbio de produção educativa. Finalizamos o programa com a entrevista da consultora da série Edméa Santos. No segundo programa, o foco está na pesquisa e na cibercultura como fundamentos para docência on line; o papel do docente na EAD e as demandas trazidas pela cibercultura. Marco Silva (UERJ) comenta uma pesquisa interinstitucional que coordenou para produção de conteúdos para formação de professores para docência on line. Em Salvador, gravamos experiências do NTE 16 e da Escola Aristides de Souza de Oliveira sobre a formação de professores via cursos online. Simone Lucena (NTE Salvador) destaca o potencial da educação online para formação de professores da educação básica. Maria Tereza Freitas (UFJF) encerra o programa falando sobre Tecnologia como linguagem. O terceiro programa apresenta diferentes experiências que têm como base o Currículo Multirreferencial, como um projeto sobre Tabuleiros digitais, no município de Irecê. Roberto Sidney Macedo e Teresinha Fróes (UFBA) conceituam o Currículo Multirreferencial; a professora Lynn Alves (UNEB) mostra o trabalho no laboratório de jogos eletrônicos e Educação online. Na Escola Municipal Antonio Euzébio, registramos atividades com games e com a professora Nicia Ricc io (UFBA); conhecemos o Curso Moddle, um curso de formação de professores do Ensino Superior para trabalhar com ambientes virtuais de aprendizagem. Completando o programa, temos uma entrevista com Nelson Pretto (UFBA). No programa quatro, são entrevistadas: Margareth Olegário – o uso da informática educativa na prática pedagógica com alunos cegos; Rachel Colacique – acessibilidade para surdos e o desafio da docência online; Valeria de Oliveira – acessibilidade com tecnologias (hardware e software) para pessoas com deficiência física e motora e o projeto “Rompendo Barreiras” (UERJ). No programa cinco, ao vivo, contaremos com a participação de: Edméa Santos (consultora da série), Conceição Soares e Eugênio Trivinho.

Lembramos que a Publicação Eletrônica n. 3/2011, referente à série, encontra-se disponível em nosso site (http://www.tvbrasil.org.br/saltoparaofuturo/boletins.asp) para download.

Contamos com sua atenção no sentido de mobilizar professores/cursistas a participarem da interatividade do programa pelas funcionalidades do site: fórum, enquete e mural, além do e-mail salto@mec.gov.br e do telefone 0800 282 6757 (durante o ‘ao vivo’).

O programa é exibido às 19h pela TV Escola, via antena parabólica (analógica: Hor./Freq. 3770 e digital: Banda C Vert./Freq. 3965) e internet (http://tvescola.mec.gov.br/aovivo.html), e reprisado às 8h e às 14h. Além disso, a TV Escola é transmitida via SKY (112), Telefônica TV (694) e Embratel (123). Produzido pela TV Brasil, o programa é apresentado em reprise na grade da emissora às 5h50min.

Salto para o Futuro: você faz parte desta rede!

Núcleo de Utilização e Avaliação